Buscar
  • pedrohenrique993

Frente ao atual tetracampeão estadual, Flamengo tenta, mas é derrotado no Canindé – Por Pedruvisk


(Foto: Fabio Menotti/Palmeiras)


Como é bom te ver novamente, meu amigo internauta! Seja você um sócio cooperado da Cooperativa Habitacional Cicom ou um amante torcedor do rubro negro guarulhense, sua participação e feedback é muito importante para nós! Agora, vamos ao que interessa, a segunda partida do Flamengo Guarulhos pelo Campeonato Paulista Sub-20, que teve pela frente o atual tetracampeão estadual CONSECUTIVO (Algo inédito na categoria, vencendo os campeonatos de 2017, 2018, 2019 e 2020, respectivamente), a Sociedade Esportiva Palmeiras. Seu elenco enriquecido de jovens talentos, totalizando 49 jogadores, mostra o porquê venceu as últimas quatro edições. Todavia, o Corvo muito aguerrido, com brio e gana de vencer, não desistiu de lutar contra os garotos da academia, sendo alguns deles já fazendo parte do elenco principal do time da Barra Funda.


Primeiro Tempo

A partida se iniciou duma maneira surpreendente. Os jogadores do Flamengo se impuseram em campo, com uma marcação alta e forte contra os garotos da Academia, forçando-os ao erro, que, fez o Flamengo ter uma grande chance de gol antes dos dez minutos do primeiro tempo, mas o goleiro Kaique defendeu-a com sucesso. Após os quinze minutos, o time guarulhense não tinha outra opção além de se defender, uma vez que o Palmeiras impôs o seu ritmo rápido e possessivo, obrigando o Corvo a fazer faltas, que resultou no cartão amarelo do camisa 10 da equipe, Ronald.

O Palmeiras era superior, o sistema defensivo do Flamengo não estava resistindo a pressão imposta. Logo, Matheus Cunha aproveitou que estava sem marcação, mandando um lindo chute que bateu no travessão do goleiro Thiago, trazendo grande perigo a meta rubro negra. Era questão de tempo até o gol da equipe alviverde. E foi o que aconteceu. Em cruzamento pelo lado esquerdo, Ediney e Anthony preferiram marcar a bola que resultou em deixar o volante Caio Cunha, sozinho, recebendo a bola um pouco a frente da marca do pênalti e dando um belo chute de chapa, empurrando a bola no fundo da rede rubro negra, aos 36 minutos do primeiro tempo, abrindo o placar no Canindé. Agora, 1 a 0 para o time da Barra Funda. O Flamengo tentou esboçar uma reação ainda no primeiro tempo, mas a defesa alviverde parecia estar em um bom dia. Com muita solidez, as tentativas do Corvo foram anuladas pelos zagueiros Talisca e Jhow.


(Foto: Lolê Arts/@loleartsfotografias)


Segundo Tempo

O Palmeiras voltou com alterações logo após o intervalo (Entra: 18 – Ruan Ribeiro e 15 – Diogo Crispim. Sai: 11 – Carlos Matheus e 5 – Miguel), para administrar o placar e até mesmo, chegar ao segundo gol. O jogo começou mais truncado desta vez, com um número grande de faltas, obrigando o árbitro a advertir alguns jogadores com o cartão amarelo, tanto para a equipe do Corvo como da equipe alviverde. Laruccia instruiu os seus jogadores para jogarem de maneira ofensiva, o que criou grandes chances de gol. Porém, em uma recomposição errada do goleiro Thiago e desatenção da zaga rubro negra, Endrick tabelou com Pedro Lima, onde o camisa 7 da equipe palmeirense saiu em frente a meta do goleiro Thiago, que nada pode fazer com o chute do garoto de 15 anos, estufando a rede. Endrick marcava o segundo gol da partida e o segundo gol do Palestra, aos 60 minutos. 2 a 0 para o Palmeiras, para tristeza da equipe rubro negra.

Ao final da partida, com um belo cruzamento da equipe do Corvo, Vinicius Caveira cabeceou em direção ao contra pé do goleiro Kaique, que nada pode fazer. O primeiro gol da partida pelo Corvo e o primeiro gol de Vinicius Caveira na competição estava feito, aos 85 minutos. 2 a 1 no Canindé. O Flamengo pressionou e lutou, mas o árbitro soou o apito final. Estava decretada a primeira derrota do Flamengo Guarulhos no campeonato.


(Foto: Fabio Menotti/Palmeiras)


Classificação:




Opinião – Pedruvisk:

- “O Flamengo Guarulhos esteve diante de uma grande equipe, a atual tetracampeã da competição. Devemos extrair as coisas boas desta partida, assim como reforçar nosso sistema defensivo. É um time com grande potencial que deverá chegar longe na competição. O futebol apresentado nos levará facilmente a classificação para a próxima fase, se assim continuarmos. Eu confio no trabalho do Raphael Laruccia, assim como os nossos jogadores. Com os pés no chão, podemos vencer ECUS Suzano, São José e Taubaté em nossa casa, além do próprio Palmeiras. A história no Ninho do Corvo é diferente, é uma energia que só quem é flamenguista sabe.”


(Foto: Fabio Menotti/Palmeiras)


Craque do jogo – CICOM:

O prêmio de Craque do jogo CICOM desta rodada vai para o atacante Vinicius Caveira. Autor do nosso gol na partida, chutou várias vezes com perigo a meta adversária, além de apoiar muito bem defensivamente, principalmente nas bolas aéreas, onde leva larga vantagem por conta de sua estatura. Parabéns pelo prêmio, Vinicius Caveira!


Nota dos Jogadores - Sociedade Esportiva Palmeiras

1- Kaique (GOL) (7,0)

2- Thiago (6,5)

3- Jhow (7,5)

4- Talisca (7,0)

5- Miguel ⬇️ (6,0)

6- Vanderlan ⬇️ (6,0)

7- Endrick ⬇️ (8,5) ⚽️

8- Caio Cunha (8,0) ⚽️

9- Newton (7,5)

10- Pedro Lima ⬇️ (6,5)

11- Carlos Matheus ⬇️ (7,0)

Reservas:

12- Davi ⬆️ (6,0)

13- Zabala ⬆️ (6,5)

14- Natan (GOL) ( - )

15- Diogo Crispim ⬆️ (7,0)

16- Vitor Hugo (⬆️) (7,0)

17- Bruno Menezes (⬆️) (6,5)

18- Ruan Ribeiro ⬆️ (⬇️) (6,0)

Técnico: Gilmey Aymberê

Nota Geral (PAL): (8,5)


Nota dos jogadores - Associação Atlética Flamengo:

1- Thiago (GOL) (6,0)

2- Rafinha (6,5)

3- Ediney (4,5)

4- Anthony (5,0)

5- Breno (6,0)

6- Caíque ⬇️ (6,5)

7- Fernando ⬇️ (5,0)

8- Passari (7,0)

9- Vinicius Caveira (7,5) ⚽️

10- Ronald ⬇️ (6,0)

11- Muller ⬇️ (5,5)

Reservas:

12- Kenneddy (GOL) ( - )

13- Mega ( - )

14- Aquino ⬆️ (6,0)

15- Michael Douglas ( - )

16- Pedro ⬆️ (6,0)

17- Yago ⬆️ (5,5)

18- Matheus Jurado ⬆️ (6,5)

Técnico: Raphael Laruccia (7,0)

Nota Geral (AAF): (6,5)


Notas - Arbitragem:

Árbitro: Marcelo de Jesus Santos (7,0)

Árbitro Assistente 1: Rafael de Souza Penatte (6,5)

Árbitro Assistente 2: Igor César Bertozzi (6,5)

Quarto Árbitro: Leomar de Jesus Oliveira (7,0)

Nota Geral (Arbitragem): (7,0)


Cartões Amarelos (Advertências):

1°T, 16 minutos: (10) Ronald (AAF); Motivo: Ação Temerária.

2°T, 47 minutos: (2) Thiago (PAL); Motivo: Ação Temerária.

2°T, 57 minutos: (6) Vanderlan (PAL); Motivo: Ação Temerária.

2°T, 64 minutos: (2) Rafinha (FLA); Motivo: Discordar das decisões da arbitragem com palavras ou ações.

2°T, 67 minutos: (13) Zabala (PAL); Motivo: Impedir ataque promissor.

2°T, 90 minutos +3: (16) Vitor Hugo (PAL); Motivo: Ação Temerária.

Expulsões:

Não houve expulsões.

Lesões:

18- Ruan Ribeiro (PAL) - aos 74 minutos.

Estatísticas:

Gols (PAL): 36’ – Caio Cunha (8); 60’ – Endrick (7).

Gol (AAF): 85’ – Vinicius Caveira (9).

Faltas (PAL): 17.

Faltas (AAF): 20.

Total de Faltas: 37.

Tempo de bola rolando no 1ºT: 30 minutos.

Tempo de bola rolando no 2ºT: 29 minutos.

Tempo total de bola rolando na partida: 59 minutos.


Sobre a CICOM


A CICOM é umas das cooperativas que atuam no estado de São Paulo promovendo o acesso social às habitações. O processo começa com a identificação de um terreno adequado a um projeto habitacional. Na sequência, inicia-se a abertura de cadastramento para que pessoas interessadas se unam com o objetivo de fazer as aquisições dos imóveis. Os cooperados acompanham todas as etapas envolvidas desde o início. Após este processo é desenvolvido o projeto de engenharia e, então, a cooperativa se encarrega de realizar arrecadações entre seus cooperados ou ainda, de buscar crédito e então contratar uma empresa construtora para executar as obras. A cooperativa dispõe hoje de diversos dispositivos de segurança que garantem a confiabilidade no processo, extinguindo mitos e conceitos que antes colocavam em dúvida os investimentos.

Coluna escrita por Pedro Piquetti “Pedruvisk” – Colunista esportivo e amante do futebol em geral desde 2000.

32 visualizações0 comentário